Me acompanhe pelo e-mail

terça-feira, 5 de julho de 2011

Juiz de Goiania volta a desafia STF e anula mais um casamento gay; Ele é Pastor da Assembléia de Deus

Juiz de Goiania volta a desafia STF e anula mais um casamento gay; Ele é Pastor da Assembléia de Deus
O juiz Jeronymo Pedro Villas Boas, da primeira instância de Goiânia (GO), anulou mais uma união estável de homossexuais, reafirmando, assim, sua desobediência ao STF (Supremo Tribunal Federal), que legalizou essa forma de convivência. Boas também é pastor da Assembleia de Deus.
A sua primeira decisão foi anulada pela desembargadora Beatriz Figueiredo Franco, do TJ (Tribunal de Justiça) de Goiás.
Desta vez, os gays atingidos pelo juiz vivem juntos há 22 anos, de acordo com o blog Radar On-line, de Veja.
Mesmo após ter sido anulada a primeira sentença, Boas avisou que continuaria decidindo contra a união de homossexuais, em cumprimento, segundo ele, à Constituição. Ele cumpriu a promessa.
Homossexuais de Goiânia estão recorrendo à Justiça de outras cidades para formalizar sua união.
A insistência do juiz deverá apressar o envio do seu caso à Corte Especial do TJ-GO, à qual caberá decidir se abre um processo disciplinar.
Fonte: Paulopes

Nenhum comentário:

Postar um comentário