Me acompanhe pelo e-mail

terça-feira, 24 de maio de 2011

MANIFESTO EM FAVOR DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO NO BRASIL

Vimos, por meio deste manifesto, declarar publicamente que a liberdade de expressão dos evangélicos no Brasil está correndo sério risco. Algumas personalidades de nossa Política estão fazendo de tudo para nos impedir de expressar nossa opinião com relação ao homossexualismo. É uma tentativa por trás dos bastidores de, literalmente, amordaçar a fé cristã que já faz parte da vida e cultura de todos os brasileiros desde que nos tornamos nação.
 É preciso que fique bem claro que não somos contra o homossexual; afinal, o ser humano é livre para decidir que rumo sua vida deve seguir. Somos contra, sim, a toda atitude que afronta os princípios morais e espirituais descritos na Bíblia, a Palavra de Deus. E, biblicamente falando, o homossexualismo é uma postura que desagrada profundamente a Deus. Se a Bíblia é o fundamento do Cristianismo, então não podemos deixar de expressá-la com todo o nosso coração, principalmente em questões polêmicas e que ferem a verdade.
 Mas de que forma a Igreja Cristã no Brasil pode ser afetada?
 Existe um projeto de lei (PL 122) que está tramitando no Congresso Nacional, que, se aprovado, tratará como CRIMINOSO todo aquele que apenas criticar o homossexual ou discordar publicamente dessa postura. Isso significa que nossos pastores somente poderão ministrar a Palavra de Deus sobre esse tema dentro das igrejas. Em outras palavras, querem nos tirar o direito constitucional de discordar de posições alheias. Como podemos permitir que uma censura desse tipo engesse nossa sociedade em pleno século XXI?
 Agora, pense um pouco... As pessoas podem criticar os governos, as religiões, as culturas, MAS se criticarem o homossexualismo poderão sofrer processo criminal! Trata-se de uma tentativa de quebrar os paradigmas que o nosso Senhor Jesus nos ensinou. Devemos amar a todos, inclusive aos homossexuais. Todavia, nosso amor não deve ser permissivo, a ponto de negligenciarmos princípios tão evidentes da Palavra.
 Neste manifesto, não estamos discutindo se o homossexual tem direito à sua opção sexual. Nosso foco é o direito que a Constituição Federal garante aos cristãos de expressar opiniões contrárias ou a favor de quaisquer temas e assuntos. Queremos, sim, ter a liberdade de discordar do homossexualismo não apenas dentro das igrejas, mas também fora delas, nas praças, nas ruas, em todo lugar.
 O que posso fazer para combater esse mal?
 Em primeiro lugar, tome posição! Como cristãos, não podemos mais nos omitir com relação a assuntos que ferem a Palavra de Deus. Não devemos ter vergonha de ser contra àquilo que a Bíblia condena. Se a Bíblia é contra o homossexualismo, então devemos ser contra também. Isso é tomar posição.
 Em segundo lugar, divulgue o conteúdo deste manifesto entre suas ovelhas, familiares e amigos. Abra um fórum de debates em sua igreja sobre esse tema. Convide pastores de outras igrejas para estar em unidade, orando juntos, intercedendo pela nossa Nação, resistindo ao mal que tenta manipular a Igreja por meio de leis funestas.
 Em terceiro lugar, encaminhe a mensagem deste manifesto para sua rede social na internet. Envie ainda e-mails para todos os deputados e senadores, para que eles saibam que você, como cidadão e eleitor, não vai permitir que políticos que não tenham compromisso com Deus assumam o poder nas próximas eleições.
 Em quarto lugar, ore sem cessar pelos nossos governantes, para que venha um temor de Deus sobrenatural no coração deles. Só assim eles retrocederão quanto a esse projeto de lei maligno.
 A Bíblia diz que “Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” (João 8:36) Está na hora de lutarmos pela liberdade que temos em Jesus.
 Você vai abrir mão da sua liberdade, que Cristo lhe deu na Sua morte na cruz?
 Juntos podemos transformar o nosso Brasil! Juntos devemos resistir a todo mal! Juntos, ninguém poderá nos resistir!
 Que toda glória, honra e louvor sejam dados ao Único Deus, que sempre será digno e soberano.
 Abaixo, estão listados todos os endereços eletrônicos dos nossos deputados federais e senadores. Separe um tempo do seu dia e envie e-mails a eles, demonstrando toda a sua indignação com o Projeto de Lei 122.

DEPUTADOS FEDERAIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário