Me acompanhe pelo e-mail

sexta-feira, 28 de junho de 2013

RBS TV, afiliada da Globo, usa diabo “bonzinho” em comercial para crianças e gera polêmica com cristãos

 

image

 

ma campanha pela melhoria da educação com uma mensagem inusitada, voltada para crianças, está causando polêmica entre cristãos. Intitulada “A Educação Precisa de Respostas”, a campanha é levada ao ar pela RBS TV, que é afiliada à Rede Globo.

O vídeo da campanha foi apresentado no último dia 11 de junho, e traz um musical em que os personagens Diabo, Bicho-Papão, Mula Sem Cabeça, Bruxa Malvada, e o Boi da Cara Preta dizem ser atenciosos com a educação de seus filhotes e pedem maior atenção com as escolas, de acordo com o site da emissora.

A iniciativa havia sido lançada em 2003, e agora, a RBS resolveu reeditar a campanha: “Acreditamos que, ao trazer de volta personagens tão queridos, vamos engajar um público mais amplo, especialmente as crianças e os adolescentes, sem perder a consistência de conteúdo que requer esse assunto tão relevante para o desenvolvimento do nosso país”, declarou Nelson Sirotsky, presidente do Conselho de Adminitração do Grupo RBS.

Eduardo Sirotsky Melzer, presidente executivo do Grupo RBS, a campanha se justifica pela obrigação da emissora em se empenhar no tema: “A educação abre as portas para um mundo de inovação e conhecimento e é o que faz diferença e dá condições de realização na vida das pessoas. Com os monstrinhos, queremos conquistar a adesão da comunidade para essa bandeira”.

Confira ao vídeo da campanha:

Repercussão

Nas redes sociais, as reações à campanha foram diversas, com pessoas manifestando desde apreço até repúdio pela iniciativa de vincular a imagem de personagens folclóricos e do diabo à educação.

Uma avó publicou na página da campanha no Facebook um depoimento dizendo que seus netos “adoravam” os personagens: “Emylly de 5 anos adora o diabinho e a bruxinha, e o Bernardo gosta do boi da cara preta e bicho-papão. Afinal eles gostam de todos. Gostaria de saber como conseguir os adesivos dos monstrinhos para eles pois, sou uma avó que ama seus netos”, escreveu Greice Lopes.

A reação, no entanto, não foi semelhante por parte de uma menina, que repudiou a campanha: “Meu nome é Valentina, eu tenho 8 anos. Eu posso ser pequena mas acho uma palhaçada essa coisa de diabo. Querem que nos dormimos com monstros. Diabo existe, porque se existe o bem existe o mau”, protestou.

No Twitter, o internauta Samuel Rodrigo ironizou a emissora pela campanha: “Uma vez as crianças aprendiam que Deus era o papai do céu, o bonzinho e o Diabo era o malvado. Agora a RBS igualou tudo”.

O casal Omar e Sandra seguiu a mesma linha: “Campanha ‘educacional’ da RBS invoca diabo bonzinho, bruxa boazinha e outros monstros!! Bem como o diabo gosta!”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Veja o vídeo…

http://youtu.be/-ogKeqdP_zA

Nenhum comentário:

Postar um comentário