Me acompanhe pelo e-mail

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Silas Malafaia responde a Edir Macedo e diz que os Pastores da Igreja Universal se vestem de branco para “dar passe” nos fiéis. Assista

Silas Malafaia responde a Edir Macedo e diz que os Pastores da Igreja Universal se vestem de branco para “dar passe” nos fiéis. Assista
O Pastor Silas Malafaia respondeu sem citar nomes, no último fim de semana em seu programa de TV as acusações feitas pelo Bispo Edir Macedo de que 99% dos cantores evangélicos são endemoniados. Malafaia começou dizendo que “era pra rir” que os líderes da Igreja Universal falassem sobre o tema, pois “nem telhado de vidro eles tem nessa área”.
Citando Benny Hinn, Malafaia afirmou que antes era meio receoso com manifestações do Espírito Santo, mas que foi levado pelo também Pastor da Assembleia de Deus Bom Retiro, Jabes de Alencar, a um congresso no Canadá, onde ele viu manifestações que nunca imaginava serem possíveis: “O Benny Hinn estendeu a mão em direção ao estádio com mais de 20 mil pessoas e onde sua mão alcançou, pessoas caíram pelo poder de Deus”. Malafaia usou essa passagem como exemplo para expressar que “não é porque o Diabo se apropria de manifestações típicas do Espírito Santo que isso passa a pertencer a ele”.
O Pastor Malafaia seguiu confrontando o Bispo Macedo sobre as práticas da IURD ao questionar qual seria a diferença entre os rituais feitos nos cultos de sua Igreja e dos centros de macumba: “Qual a diferença do sal grosso de vocês, da arruda, da rosa ungida da sua igreja para o centro de macumba? Qual diferença dos pastores de branco dando passe nos outros?”.
Na sequência, Malafaia ressalta que os líderes da IURD “entendem um pouco de fé, oração e trabalho” porém “pensam que são expert’s em demônios”. Citando a passagem bíblica de Efésios 6: 10-12 em que o Apóstolo Paulo fala sobre as potestades demoníacas, disse que “esses demônios não incorporam pessoas, mas comandam a programação da TV de vocês”, numa crítica à programação da TV Record. Ainda nessa linha, Malafaia afirmou que a emissora paga salários de artistas com dinheiro de dízimos dos fiéis da IURD. Houve ainda uma revelação a respeito do reality show da Tv Record, “A Fazenda”, que segundo o Pastor Malafaia, antes do programa, aquele era um espaço voltado ao lazer dos Pastores da Igreja: “o lugar que era recreação de pastores virou fazenda”.
A extensa resposta do Pastor Silas Malafaia chegou também aos fiéis da Universal, que afirmou serem “gente salva que vai pro céu. Não falo da igreja, só dos líderes”. E dirigiu-se aos líderes da Universal perguntando se pra eles serem coerentes, eles iriam parar de tocar música gospel na Rede Aleluia: “Pra vocês serem coerentes, vão ter que parar de tocar música gospel na sua rede de rádios Fm”, afirmou o exaltado Pastor.
Encerrando sua resposta, citou Ana Paula Valadão e afirmou que já havia tido desavenças com ela, porém nunca a havia acusado e estava pronto para defendê-la, pois seria “uma menina de Deus”, e que como a Line Records estaria “dando prejuízo há anos”, segundo Malafaia, essa era uma tentativa de fazer os fiéis da Universal não comprarem os cd’s da cantora, que tem lançamentos pela gravadora Som Livre, das Organizações Globo, maior concorrente da Tv Record. No final, ainda ironizou a campanha “Fogueira Santa de Israel” promovida há anos pelo Bispo Edir Macedo na Universal: “Acho que de tanta fogueira santa, eles queimaram os neurônios…”


Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário