Me acompanhe pelo e-mail

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Cantor cristão nega-se a realizar show por falta de cachê e é apedrejado

Cantor cristão nega-se a realizar show por falta de cachê e é apedrejado
O cantor gospel Danny Berrios negou-se a subir ao palco após constatar que faltavam 10 mil pesos do dinheiro acertado para seu cachê. O fato ocorreu na República Dominicana.
Danny tem percorrido a américa do sul com sua turnê comemorativa de 30 anos de carreira. Os shows são oferecidos pela equipe do cantor que fecham contrato com cachê estabelecido para cada apresentação. O valor firmado é referente ao sustento do cantor e de sua equipe.
Contudo, um show da semana passada não ocorreu como deveria. O cachê acertado para a presentação no ginásio poliesportivo Hécto-El Vikingo-Monegro era de 50 mil pesos dominicanos, pouco mais de dois mil e cem reais. Entretanto, pouco antes de subir ao palco, o cantor constatou que não havia sido pago o cachê. Com a cobrança do público para o início do show, foram providenciados 40 mil pesos dominicanos, mas o cantor teria insistido que só se apresentaria se fosse paga a diferença de 10 mil pesos dominicanos (pouco mais de 400 reais). Outro suposto motivo para o cantor não apresentar-se era a pouca quantidade de pessoas que haviam comparecido ao show.
Os expectadores, que haviam pago ingressos entre 300 e 400 pesos (12 e 17 reais) revoltaram-se e, passando pelas grades, foram até o camarim do cantor. Lá jogaram pedras e garrafas de água em Danny, impedindo que voltasse ao veículo em que viajava.
A polícia nacional dominicana teve de intervir para que Danny Berrios pudesse deixar o local, cuja rua já apresentava um grande congestionamento.
Danny Berrios é um tradicional cantor de música gospel. Nascido em Miami, nos Estados Unidos, é filho dos evangelistas José Pepito Berrios e Clara Berrios. Desde jovem tem se dedicado à música cristã, tendo recebido até mesmo um disco de ouro no Brasil pelo álbum “Gloria a Dios”, lançado em 1986.
Fonte: Gospel+
Com informações de ensegundos.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário