Me acompanhe pelo e-mail

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Fundador da “Igreja da Unificação” “Reverendo Moon”, na Coréia do Sul está internado em estado grave

 

Fundador da “Igreja da Unificação” na Coréia do Sul está internado em estado grave

O fundador e líder da igreja da Igreja da Unificação, da Coréia do Sul, o reverendo Sun Myung Moon, de 92 anos, foi internado em estado grave no início da semana, e está passando por um tratamento intensivo contra pneumonia.

Segundo os relatórios médios, o estado é saúde do reverendo é grave. Ele está respirando através de aparelhos e corre risco sérios riscos de vida. Devido ao estado de saúde do líder religioso, a Igreja da Unificação conclamou 40 dias de oração e um jejum de três dias em favor da sua recuperação.

Considerada uma seita por muitos de seus críticos, a Igreja da Unificação, foi criada por Moon em 1954. A denominação religiosa logo se tornou uma igreja multibilionária e um gigante império empresarial que inclui o jornal Washington Times e do New Yorker Hotel, em Manhattan. Controverso, Moon chegou a ficar preso em uma prisão federal nos Estados Unidos nos anos 80 por sonegação de impostos. “Virulentamente anticomunista”, ele foi preso também na Coréia do Norte, durante a Guerra da Coréia antes de ser libertado pelos aliados.

Sua igreja diz que Jesus era divino, mas que ele não é Deus, uma posição que coloca a Igreja da Unificação fora dos limites do cristianismo tradicional, e seus seguidores o consideram como o messias que está completando a salvação que Jesus Cristo deixou de fazer.

De acordo com a CNN, a pública do reverendo foi no mês passado, quando ele participou da abertura e encerramento do torneio de Futebol Peace Cup Soccer, patrocinado pela Igreja da Unificação na Coréia do Sul.

Redação Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário